30 abril, 2009

qualquer coisa sebácea e imunda besunta o meu corpo. sinto-me suja.

9 comentários:

Davi(d) disse...

não quero que te sintas assim, companheira.

Bárbara disse...

foi o melhor blog com a melhor "banda sonora" que vi até hoje :')

Bárbara disse...

sério mesmo! escreves tão, mas tão bem :$ e identifico-me com alguns dos textos que já li :b

obrigada :)

Lizzie disse...

Há dias assim :X



Beijinho *

AnaLuísa disse...

isso acontece a todos, mas só cada um é que sabe a razão.

gosto mesmo da frieza com que te expressas. ou então é apenas o efeito que as tuas palavras tem em mim. gosto dessa tua maneira de dizer as coisas tal como elas são, tal como as sentes sem arranjinhos nem floreados.

SaraPereira. disse...

Suja interiormente, diria eu;
Uma sujidade que se entranhou nos mais profundos poros da tua pele e nem com um banho de almas puras, quer sair, mais uma vez, diria eu (...)

Ana Moreira disse...

Há coisa de dois dias também me sujei... Acho que me deitei na merda.

És o meu ídolo, até já falei em ti à minha mãe :)

Penso que o meu e-mail anda com problemas, Rita, não te consigo adicionar. Podes-me dar o teu para tentar adicionar-te?

~ Jessica disse...

forte, verdadeiro.

gostei*

Joana Éme. disse...

eu também.