27 outubro, 2009

hoje não vou pôr maquilhagem.
hoje vou ficar a sós com o meu espelho e vou contemplá-lo horas a fio.
apoderar-me de cada traço daquele corpo nu que jaz à minha frente.
vou fintar aquele olhar, que de tão nítido, me parece terrivelmente baço.
hoje quero ser tão simplesmente instinto, loucura e prazer!
que se foda a razão dos homens!
hoje vou amar-me em pleno
sem preconceitos bárbaros ou falsas modéstias!
farei deste dia meu e vou ser a minha própria musa.
hoje sou a personificação da beleza humana,
apodera-se de mim um desejo tal que toda eu se torna em erotismo e pornografia.
penetro-me de amor por mim mesma,
tenho orgasmos múltiplos que não são mais que rimas perfeitas onde está encerrado o meu nome nas entrelinhas.

p.s: eu fiz amor comigo mesma e, meus caros, não há droga que provoque semelhante sensação!

13 comentários:

mia disse...

tenho que exprimentar :o
mas gostei imenso da expressividade que deste ao texto. e da forma como o puseste. continua a escrever , é sempre bom gostarmos de nos proprios !
beijinho

Afonso disse...

LOOOOL Provocaste-me um misto de riso e ao mesmo tempo, contemplação de um dos teus textos que, na minha opinião, mais gostei de ler. A linguagem poderia torná-lo vulgar, mas ao invés disso, fizeste dele uma grande (Grande!) Ode ao amor-próprio. Além disso, denota-se através dele uma grande personalidade também. De parabéns :)

- jezebel disse...

tão lindo $$

Marilena' disse...

AMEI !!!
Do mais real e sentido que já li ;)

Davie disse...

Não tenho mais palavras para realçar a tua genialidade, companheira.

cátia sofia disse...

adoreiii!

mia disse...

eu vou apagar o madrugada de cristal. é para esquecer. o imaculado é tipo um novo começo, e gosto muito dele , simples ou não.
eu sigo este e o crime de sentir. gosto de ambos :) aprecio imenso num rapaz a forma como se expressão. continua :) e obrigada
PS : há quem ache aquele texto perverso demais para estar num blog. eu cá acho que só é perverso a forma das pessoas o intrepertarem. amor explicito :)

Ana Moreira disse...

minha artista :) gastas-me as palavras (és a única)

Ana disse...

"hoje vou amar-me em pleno
sem preconceitos bárbaros ou falsas modéstias!
farei deste dia meu e vou ser a minha própria musa."
Adorei!

Papagaio Mudo disse...

creio q não es tu na foto do blog, mas quase assim entendo-te. Sehr gut...

abç

Gust

'stracciatella disse...

Este texto é tão forte e tão rico em sensações...!

Rute disse...

G-E-N-I-A-L, e mais não digo. de lado com os preconceitos, afinal há que desfrutar do que a natureza nos deu na sua forma mais humana.
és dotada de uma personalidade muito forte. como disse o Afonso em cima, o texto mostra isso. admirável.

J. disse...

amo o misto de sensações que este texto provoca (: